6 tipos de pessoas que ferraram comigo em algum ponto dessa vida. (Parte II)

Olá!

Dando continuidade ao post anterior, vim falar dos últimos três tipos de capirotos pessoas que passaram pela minha vida.

Mas antes, uma observação. Esses tipos de pessoas podem ser pessoas de ambos sexos, amigos, relacionamentos mais íntimos, parentes, colegas de trabalho, chefes, rolos, maridos/esposas, etc.

fake

4 – O Jogador de Xadrez.

Sabe aquela pessoa que você não sabe exatamente como e porquê, mas ela te “barra” em algumas coisas na sua vida?

Ela não faz nada e ao mesmo tempo faz tudo, porque é extremamente calculista. E infelizmente, calhou de você ser uma das peças do enorme tabuleiro manipulativo dela. O jogador de xadrez é o amigo/pessoa/demônio que calcula friamente a sua posição na vida dele, a fim de manter o ego dele alimentado e intacto.  É uma ameaça pra ele se você, sem sua permissão, sair dessa posição que ele acha confortável. Se você passa por alguma dificuldade ou precisa de algo e ele sabe como te ajudar, talvez não te ajude por puro egoísmo de querer que você continue na estaca zero.

Situação 1
Você vende torresmo.
Você é amigo/etc do Jogador.
Pessoas que conhecem o Jogador, mas não te conhecem: Porra… Se eu conhecesse alguém que vende torresmo agora, hein… Compraria sei lá, uns 10 mil reais dela.
Jogador: Putz, eu não conheço ninguém que faça isso. 🙂

É bom constatar que depois que você percebe mais claramente estas atitudes, esta pessoa se torna absolutamente insuportável e você vai querer esfregar a cara dela na brita quente. Pode fazer.

beyonce

Agora, um dos meus favoritos:

5 – O Dono do Hospício.

Para descrever o Dono do Hospício, eu só precisarei jogar algumas frases soltas:

“Eu nunca disse isso.”

“Você está imaginando coisas.”

“Não, não foi assim que aconteceu.”

Sim, o Dono é mestre tarja faixa preta numa técnica chamada Gaslighting, que consiste em manipular seus sentimentos e memórias de forma que você pense que… YEP, YOU ARE GOING SLIGHTLY MAD! (tradução: cê tá mei loka/loko)

Situação 2

Você: Poxa, Dono… Cheguei aqui como combinamos, às 13hrs. Você só chegou agora, às 14h30.

Dono: Não fulano, eu disse às 14h30. Foi assim que combinamos.

Você: Não, não. A gente combinou às 13hrs. Eu lembro disso.

Dono: *balança a cabeça* Fulano, a gente começou combinando 13hrs. Depois mudamos pra 14h30, lembra?

Você: Não, pera… Eu tenho aqui no e-mail. Olha só! Aqui, você confirmou às 13hrs! *sorri orgulhoso*

Dono: Fulano… Eu mandei e-mail em seguida desmarcando pras 14h30. Você não recebeu? (ele nem fica vermelho)

Você: Ué, não! Que estranho…

Dono: Poxa, sei lá né… Aí fica como se eu fosse o mentiroso, aí é foda…

Você: Não, relaxa! Tudo bem, eu devo ter desligado o plano de dados. Relaxa.

Dono: Provavelmente né, você nunca deixa ligado como eu recomendei, você nunca me escuta…

E por aí vai. A moral da história, é que ele vira o jogo e o culpado é sempre você.

O Dono faz você se perguntar se tem uma boa memória, se não está fantasiando as coisas e que se ele está falando, a culpa provavelmente é sua.

Livre-se deste tipo de pessoa o mais rápido possível, ela é altamente tóxica.

Qualquer coisa, eu sei de terrenos baldios.

6 – O Roleta Russa.

russianroulette2

Ah, o Roleta, que eu vou chamar carinhosamente de Rolê.

Ele é a mistura do Gêmeo Ruim com o Caçamba Basculante. Ele se diz “bipolar” (mas nunca passou em um psicólogo para ser diagnosticado e nem vai procurar um, porque ele adora ser assim, essa pessoa maravilhosa de altos e baixos). Seu humor vai de deitado eternamente em berço esplêndido de alegria a mau-humor e grosseria do céu profundo.

Você nunca sabe como o Rolê vai te tratar no dia; Quando ele precisa de ti, pode ter certeza que vai ser um anjo. Um doce. Um macaron au chocolat com recheio de ganache. Quando for despejar o turbilhão de merda sem resolução pra cima de ti, também vai ser um comportamento específico. Agora, quando ele não precisa ou não faz questão de você…

russianroulette

Espere por desprezo, grosseria e mau humor. Nem tente contar dos seus problemas ou do seu dia pra ele; Vai ser o maior pouco caso. Nada do que você diz é tão importante. A não ser que ele precise de você. aí ele vai fazer um esforço.

São estes os 6 tipos de pessoas que pelo menos eu achei mais relevante citar. Caso conheçam outros tipos, por favor citem nos comentários. (é só clicar no post)

E lembre-se:

letgo

Deixar pessoas tóxicas para trás não é um ato de crueldade. É um ato de cuidado consigo mesmo.

Espero que tenham gostado. 😉

Beijos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s